Resenha: Ernesto de Tal

Olá leitores,

Estamos aqui para mais um conto do livro Histórias da meia-noite do Machado de Assis. O conto da vez é Ernesto de tal. 

Leia as resenhas dos outros contos aqui e aqui.

Bem, esse conto fala sobre um triângulo amoroso entre Rosina, Ernesto e o rapaz de nariz comprido. Rosina é uma moça namoradeira que nutri um namoro com os dois rapazes (sem o outro saber, claro!) afim de escolher qual será o melhor partido para o seu coração.

Esse conto também está inserido no romantismo e mais uma vez Machado ironiza o movimento e coloca suas peculiaridades no conto.

ernesto de tal

Podemos observar que Rosina é uma moça que vê o casamento não só como amor, filosofia, mas sim meio para se manter na sociedade burguesa da época. A moça mantém o relacionamento com os dois rapazes para poder escolher qual deles lhe dar a vida que quer.

Ao longo da narrativa o autor descore sobre cada personagem de maneira mais profunda.

Ernesto é o típico romântico, que acredita fielmente em sua amada Rosina, mesmo após descobrir as enganações da mesma.

Ao final do conto podemos perceber a banalização do romantismo, pois Rosina, que só visava os benefícios próprios, conseguiu o que queria enquanto que Ernesto foi “enganado”.

beijoos

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s