Resenha: Confissões

Suspense, crime, literatura extrangeira | 176 páginas | Cortesia editora Vestígio|
Autor: Kanae Minato  | Publicado em 2017 |Classificação 4/5 |
Compre & Compare  Fnac Livraria da Folha 


Resenha

Suspense não é meu estilo literário preferido. Quem acompanha aqui minhas resenhas sabe que sou mais do sci-fi e fantasia 🙂
Mas estava com vontade de pegar uma leitura um pouco diferente das que estou acostumado. Que tal começar a ler algo que diz ser impactante ?

A primeira informação que vou dar pra vocês é que comecei a ler esse suspense japonês e estava entendendo nada :B

Uma narração em primeira pessoa de uma professora chata em uma turma do ensino fundamental. Nada mais frustrante e não impactante. Pior ainda. A narração muda de pessoa e eu fiquei mais confuso. Tudo estava levando a crer que acabaria frustrado com a tentativa de quebra no estilo literário.

Mas eu pouco sabia que estava enganado!

Confissões, cresce demais, fica de fato impactante, com uma trama e personagens complexos.

A história que parecia girar apenas em torno do assassinato da filha da professora Morigushi, acaba se tornando um avalanche de conflitos entre personagens loucos.

A narração é rotativa, mas sempre em primeira pessoa, de maneira que a gente consegue perceber vários pontos de vista e até “entenda”o porquê de tanta maldade.

Eu não posso falar muito da história, porque tudo é passado em apenas 174 pgs, então a história em si não é muito grande, mas é bem densa.

O que eu posso falar é que a partir do momento que eu me acostumei com o estilo de escrita da Kanae Minato, o livro se tornou um suspense que eu não conseguia mais largar o livro.

O que leva crianças indefesas com aparentemente tudo de necessário virarem assassinas ?


Sinopse

Seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar.

O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão.

Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança. Narrado em vozes alternadas e com reviravoltas inesperadas, Confissões explora os limites da punição, misturando suspense, drama, desespero e violência de forma honesta e brutal, culminando num confronto angustiante entre professora e aluno que irá colocar os ocupantes de uma escola inteira em perigo.

Com uma escrita direta, elegante e assustadora, Kanae Minato mostra por que é considerada a rainha dos thrillers no Japão.

Você nunca mais vai olhar para uma sala de aula da mesma maneira.

Anúncios

2 comentários em “Resenha: Confissões

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s