Resenha: Crooked Kingdom – Vingança e Redenção

De volta ao mundo Grisha com os ladrões e trapaceiros mais queridos do mundo ❤

Sinopse: Confiar na pessoa errada pode custar a sua vida. Após se safarem milagrosamente de um ousado e perigoso assalto na notória Corte do Gelo, Kaz Brekker e sua equipe se sentem invencíveis. Mas o destino está prestes a dar uma perigosa guinada e, em vez de dividir uma vultosa recompensa, os seis comparsas terão que se munir de forças, de armas e de seus talentos para lutar pelas próprias vidas. Traídos e devastados pelo sequestro de um valioso membro da equipe, o Clube do Corvo agora conta com poucos recursos e aliados, e quase nenhuma esperança.

Enquanto isso, forças descomunalmente poderosas se abatem sobre Ketterdam para desenterrar os segredos mais sombrios da potente droga conhecida como jurda parem, ao passo que antigos rivais e novos inimigos surgem para desafiar a perspicácia de Kaz e testar a frágil lealdade de seus parceiros.

Agora, todos terão de enfrentar seus próprios demônios, e será preciso muito mais do que sorte para sobreviver à guerra que está se armando nas ruas obscuras e tortuosas desse implacável submundo – uma batalha por vingança e redenção que decidirá o futuro do mundo Grisha.

Aventura; Fantasia | 448 páginas | Cortesia Editora Gutenberg  |
Autora: Leigh Bardugo  | Publicado em 2017 |Classificação 5/5 | Compre & Compare Fnac Livraria da Folha

Posso dizer que a história está dividida em duas partes.

A primeira parte de Crooked Kingdom é voltada para o resgate de Inej já que no final do primeiro livro (Six of Crows) ela foi capturada. Já na segunda parte o foco é outro…
É vingança.

Crooked Kingdom – Vingança e Redenção

Não apenas vingança, essa “segunda parte” é decisiva para o mundo Grisha, já que a droga da jurda parem ainda é uma ameaça para todos, e o antídoto ainda não foi descoberto.. (Essa droga surgiu no primeiro livro, Six of Crows, ela tem o poder de elevar a níveis inimagináveis os poderes Grishas. Os efeitos colaterais dela são semelhantes ao de uma pessoa que usa crack. A pessoa deixa de ser ela mesma, e a droga se torna o centro do seu mundo, e não muito tempo depois a pessoa morre).

Claro que muita coisa dá errado, tem muita ação, muitos planos loucos do Kaz, e eu até queria fazer um elogio a esse personagem magnífico que consegue enrolar a todos, até os leitores.

“Zoya costumava dizer que o medo é uma fênix. Você pode vê-lo queimar milhares de vezes e mesmo assim ele voltará.”

Tem romance também, tem personagens dos primeiros livros da trilogia Grisha (o Sturmhond ❤) e apesar do final não ter deixado nenhuma ponta solta, eu fiquei com a sensação de que as coisas ainda não acabaram e talvez, talvez.. ainda tenha mais livros! Obs.: Dei uma procurada na net e não tinha nenhuma info sobre um novo livro ou algo do tipo.

Eu queria também ver um pouco mais sobre Ravka, Fjerda e Shu. O que aconteceu com o pessoal, as tretas entre as nações e tudo mais..

“.. se você não podia abrir uma porta, só precisava criar uma nova.”

Lógico que #EuIndico
Não somente esse livro, mas todos os que se passam no magnífico mundo Grisha, criado pela Leigh Bardugo ❤

Você pode ler uma pequena amostra do livro AQUI

 

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s