Resenha: Rainbow

Aquele momento em que seus pais são hippies e te dão o nome de Arco Íris ❤

Sinopse: “Rainbow” Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá de se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo que precisa deixar sua introspecção de lado. Mas “Rainbow” não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, obrigando-se a deixar as pessoas entrarem na sua vida. Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta. 

Romance | 288 páginas | Cortesia Editora Pandorga  |
Autora: M.S. Fayes | Publicado em 2017 |Classificação 2/5 | Compre & Compare  Fnac Livraria da Folha 

Rainbow, Sunshine e Storm são irmãos, seus pais são hippies e eu realmente adorei o nome de cada um deles ❤ Super autêntico sabe?

Enfim, ao contrario de seus pais Rainbow não curte tanto esse pegada hippie, e é uma garota tímida, fechada.. curte ficar na dela e passar despercebida. Por conta do estilo de vida de seus pais, os três tendem a mudar muito de cidade, nunca criar raízes e consequentemente nunca ter amigos.. Mas dessa vez é diferente;

livro rainbow

Em resumo o livro começou muito bem, leve e engraçado, estilo romance high school, maas no meio do caminho algo aconteceu e a escritora se perdeu.

A história acabou ficando repetitiva – Rainbow por diversas vezes admite ser uma pessoa fechada que está rompendo suas barreiras graças a Thomas, e Thomas não para de falar como ama a Rainbow, como ela deixa ele louco e como ele vai acabar com todas as barreiras que ela criou em volta de si – e é chato.

Antes era leve e engraçado, com uma ótima cota de ação e conflitos.. Depois ficou repetitivo e mimizento.

Analisando melhor o que aconteceu…
Em toda história que você for ler, irá ter momentos de conflito, aqueles momentos em que os nossos protagonistas estão em perigo, ou estão em uma situação muito difícil..
E foi nesses momentos que a escritora pecou. Ao invés de desenvolver melhor os problemas, ou criar um grande problema.. A escritora criou diversos mini conflitos, que logo eram resolvidos e não traziam nenhuma grande emoção para a história.
E isso deixou o livro chato e previsível.

#IndicoMaisouMenos

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s