Resenha: Rangers – Ordem dos Arqueiros – Reis de Clonmel

Quem está pronto para uma nova aventura? \o/

Sinopse: É um raro momento de folga para Will e os outros arqueiros. Todos haviam deixado seus postos, por alguns dias, para participar da Reunião Anual dos Arqueiros. Uma oportunidade de reencontrar os amigos e compartilhar histórias de aventuras.
Distante de tudo isso, Halt está na costa oeste, a fim investigar um mal que floresce na região. Uma terrível seita religiosa formada por um infame grupo de malfeitores conhecido como “os forasteiros”. 
Halt descobre que a influência do culto maligno já chega a cinco dos seis reinos que formam a Hibernia. Apenas o reino de Clonmel se coloca entre os forasteiros e o domínio de todo o território hiberniano. 
Agora, cabe a Will, Halt e Horace lutar em defesa da liberdade de Clonmel e destruir as pretensões da seita. Em meio ao conflito, segredos serão revelados e Halt precisará encarar alguns fantasmas de seu passado. Um confronto que pode se mostrar ainda mais difícil do que a batalha por Clonmel.

Aventura; Fantasia | 360 páginas | Cortesia editora Fundamento|
Autor: John Flanagan  | Publicado em 2011 |Classificação 4/5 |
Compre & Compare Saraiva  / Fnac Livraria da Folha 

O oitavo livro da saga expande novamente os horizontes do universo de Rangers e teletransporta o leitor para o reino de Clonmel onde Will, Horace e Halt terão que lidar com uma seita que está enganando e roubando a população.

“Não confio em um deus que promete apenas coisas boas.”

Com isso, vemos diversas críticas escondidas em meio a esse confronto, como por exemplo o modo que as massas podem facilmente serem manipuladas, ou como um governo/ reino pode perder o poder para uma religião. E além de tudo isso temos finalmente mais informações sobre o passado de Halt, informações MUITO importantes!

“Sempre dê a impressão de ter um objetivo – Halt o tinha ensinado anos antes. – Se as pessoas acharem que você está em um lugar por algum motivo, não vão se dar conta que na verdade você não deveria estar ali.”

rangers livro 8

E apesar da aventura ter começado nesse livro, ela não terminou aqui, já que grande parte do livro foi apenas coleta de informações e ambientação do novo local e dos novos personagens, só teve ação mesmo no final do livro, com isso a missão em Clonmel continua no 9 livro da saga, que tem um título bem revelador “Halt em Perigo” #jáquero #IndicoMuito

“Ele achou surpreendente como as pessoas não precisam de estímulos para propagar rumores.”

Curiosidade: Você sabia que Clonmel realmente existe, é uma cidade da Irlanda ❤

Anúncios

2 comentários em “Resenha: Rangers – Ordem dos Arqueiros – Reis de Clonmel

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s