Resenha: Rangers – Ordem dos Arqueiros – Cerco a Macindaw

f86262f2-de91-4f41-a06e-fdf34587b22e

Escritor: John Flanagan
Editora: Fundamento
Págs: 296

Sinopse: Mesmo conseguindo salvar a vida de Orman, herdeiro do trono de Macindaw, Will ainda está longe de cumprir sua primeira missão como arqueiro de Araluen. Afinal, o castelo se encontra sob o domínio de Keren, cavaleiro renegado que mantém Alyss como prisioneira. Nem um pouco disposto a fracassar, Will põe em prática um plano para retomar o reino de Macindaw e devolvê-lo a seu legítimo senhor. Sua estratégia tem início com a contratação de um improvável “exército invasor”, formado por piratas escandinavos sobreviventes de um naufrágio. Como se a tarefa do jovem arqueiro já não fosse complicada e perigosa o bastante, a situação fica ainda pior quando uma sinistra aliança é descoberta. Uma trama secreta que almeja resultados tão grandiosos quanto terríveis, com consequências que podem chegar até Araluen. Com tantas vidas dependendo de seu sucesso e tendo o tempo como um inimigo implacável, Will parte para uma batalha que talvez não possa vencer. Sua esperança e seu espírito, entretanto, estão mais fortes do que nunca. Principalmente após o inesperado retorno de um certo Cavaleiro da Folha de Carvalho…

Nesse livro vemos um desfecho para a aventura que começou pequena no quinto livro da série, Feiticeiro do Norte, e tomou grandes proporções no sexto livro da Saga Rangers!

“Pense em um resultado positivo e você terá sucesso. Deixe a dúvida entrar em sua mente, e a dúvida vai se tornar realidade.”

A história começa exatamente onde o quinto livro parou, Alyss ainda está presa, Orman ainda está na floresta e o castelo está nas mãos de Keren, e Will… bom, os Arqueiros são pessoas acostumadas a pensarem fora da caixa, a terem ideias mirabolantes e resolverem grandes problemas, e logo no começo do livro vemos que Will já tem uma ideia.

“Como Malcolm lhes tinha dito, o medo é contagioso.”

Obviamente as coisas não são tão simples, e vários outros problemas surgem ao decorrer da história, que conta com muita ação, aventura e um leve toque de comédia, que deixa as coisas mais descontraídas durante a narrativa, que também é muito boa por sinal, como você pode ver nas minhas outras resenhas da série Rangers, eu só tenho elogios para essa história e para o autor dela.. Maaas, uma coisa me incomodou nesse sexto livro.

a56a34fc-093c-47f5-bb90-54682a8e180a

Eu sabia, que tudo ia dar certo no final.
E isso não é uma coisa boa, geralmente quando isso acontece a história se torna previsível e nos momentos de tensão acaba perdendo o brilho, pois você já sabe que tudo irá acabar bem.
E pela primeira vez, lendo Rangers, isso aconteceu e no momento de maior ação do livro, onde os personagens estavam correndo risco de vida, eu estava calma, já que o desfecho feliz era algo que eu tinha certeza que iria acontecer. Espero que no próximo livro da saga isso não aconteça..

Tirando isso, foi uma ótima leitura e #EuIndicoMuito essa saga! ❤

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s