Resenha: Sete minutos depois da Meia-Noite

Adoro livros que me conquistam logo no primeiro capitulo…  E com Sete Minutos depois da Meia-Noite foi exatamente assim, eu li o primeiro cap e pronto, estava viciada.

b9428dff-226c-415b-9fc0-4bfee89fec9c

Autor: Patrick Ness
Editora: Novo Conceito
Págs: 160
Ano: 2016

Sinopse: Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida. A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade. Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.

Quando comecei a ler esse livro pensei que ele era de terror ou suspense.. Só que não!

b7624967-7b9e-4fba-8a07-88d922575aa9

Nesse livro vemos a história de um garoto solitário com um problema enorme.
Um garoto que despertou um monstro, por causa desse problema.
E ao decorrer da história vemos esse monstro ajudando e aconselhando o garoto, até que seu problema foi de certa forma.. Resolvido :/

“Mas por que importa, se é só um sonho? Por que um sonho não seria capaz de cruzar a cidade?”

O garoto se chama Conor. E sua mãe está lutando contra o câncer, há um bom tempo já. E isso afetou Conor, apesar dele tentar segurar a barra e não demonstrar, isso afetou muito ele… Enfim, no livro acompanhamos ele e o monstro, que é muito sábio por sinal.
Acho que a melhor parte da história são essas lições de moral que aprendemos com o monstro, são do tipo que merecem uma bela pausa para reflexão sabe?

“As vilas se transformaram em cidades, as cidades em metrópoles. E as pessoas começaram a viver sobre a terra, e não com a terra.”

Como eu disse no inicio desse post, a historia irá te prender logo no início e como é um livro pequeno.. Quando você perceber puff já acabou.

“Você não escreve a sua vida com palavras – explicou o monstro. – Você escreve com ações. O que você pensa não é tão importante. Só é importante o que você faz.

#euSUPERindico

Obs. Recentemente saiu o filme desse livro no cinema, eu ainda não vi.. Mas, ai vai o trailer 😉

 

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s