Resenha: Lunaria – A Busca pela Pedra Vermelha

16491513_1394978363846538_1485029944_o

Olá galerinha! ^.^

É o que eu sempre digo: Livros com mapas dificilmente são ruins! 😀
Primeiro livro escrito por Henrique M.Garcia, Lunaria- A busca pela pedra vermelha nos leva para um mundo maravilhoso de magia e fantasia. Influenciado pelo universo do RPG no qual imaginamos e criamos personagens, povos, magia, terras e tudo de mais fantástico, Henrique nos agracia com essa aventura maravilhosa.

Em uma terra distante temos o Continente de Lunaria onde as profecias ainda velam acontecimentos que vão influenciar o futuro de todos os povos que habitam esse lugar.

“Profecia Elemental
Em Lunaria, a “terra da lua perdida”, em um tempo muito distante, nos primórdios do país de Berah, uma sagrada força suprema e reinante concedeu aos homens uma benção representada na forma de Pedras Anciãs, entregues pelos deuses da terra. Depois de presentearem o mundo com uma mostra de seu consagrado poder, esses seres de pura luz e pensamento cansaram-se das iniquidades de Lunaria e voltaram para sua cidade mágica, que orbita junto às estrelas da noite.

É sabido que três Pedras com propriedades únicas e especiais levarão os homens a uma Era de crescimento e felicidade, livres da influência da Aliança Negra, e prevenindo-os do ressurgimento da Semente do Mal.”

A profecia fala de 3 pedras que proporcionam poderes, mas só há detalhes de 2 que são:
A Amarela, dedicada à expansão do intelecto e das faculdades cognitivas, e a Vermelha, designada ao uso do poder material e mundano.

mapa-lunaria

Conta-se que a Pedra Vermelha é a mais cobiçada pelas raças inferiores e que essas pedras anciãs podem ser perigosas se caírem em mãos de seres perversos.

Uriel é um ladrão que sempre ansiou pelo poder das pedras anciãs, tendo invadido o Castelo de Nobrar para roubá-las, sabendo que falavam que as mesmas ficavam no salão onde fica A porta que nunca se abre.

Sendo perverso e sem compaixão, Uriel consegue o que tanto almejou e prova o poder da Pedra Vermelha, porém não foi por muito tempo, pois alguém apareceu das sombras e conseguiu recuperá-la. Mas as pedras anciãs tinha um guardião?
Quem seria esse ser que conseguiu lutar com Uriel apesar do imenso poder que a Pedra lhe deu?

16465939_1394985040512537_1388219149_o

 

O livro descreve muitos personagens como Kappanianos, Ogros, Esaldars e etc.. Mas os que mais gostei foram os Autdræ. Amei a descrição sobre a origem deles, fala-se que é uma pequena tribo nômade que vaga pelo mundo inteiro, são guerreiros e hábeis. Mas as lendas contam que eles eram dragões poderosos e foram punidos por uma entidade chamada Demiurgo, então eles se tornaram semelhantes aos homens com cabelos vermelhos e olhos com tonalidade avermelhada com uma forte luz na pupila.

O Henrique fala que esse livro é o inicio de uma série e que vai se aprofundar nesse universo de Lunaria, mostrando detalhes sobre os principais eventos e personagens.

Eu realmente espero que esse projeto aconteça, pois achei interessante a primícia do livro e gostei do modo como ele descreve esse mundo e ainda tem um mapa no livro e acho que nos induz a imaginar melhor a história, eu adoro! ❤

#SuperIndico!!

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s