Resenha: A Torre Negra – C.S. Lewis

 

Olá, leitores \o/

Hoje, trago-lhes uma resenha do aclamado C.S. Lewis. Sim, ele mesmo!

No entanto, esse livro é um pouco diferente da literatura mais juvenil que estamos acostumados, por exemplo As Crônicas de Nárnia. A Torre Negra é uma verdadeira ficção científica, daquelas que é preciso estar preparado para sair da zona de conforto, de maneira a entender todos os detalhes da trama.

Sinopse: A Torre Negra é um esboço de um quarto volume que daria continuidade à aclamada série de ficção científica de Lewis conhecida como Trilogia cósmica. Uma história cativante que continua as aventuras de personagens como Dr. Elwin Ransom e MacPhee. Na trama, cinco homens se reúnem no escritório de Orfeu, na Universidade de Cambridge, para testemunhar a violação do espaço-tempo por meio do cronoscópio, um telescópio que não olha apenas para um outro mundo, mas para outras dimensões. Ao longo das narrativas, seus personagens travam debates brilhantes sobre a matéria, no tempo e no espaço. Para os fãs de Crônicas de Nárnia e da Trilogia cósmica, este é um livro imprescindível.

whatsapp-image-2016-11-18-at-14-39-11

Para mim, A Torre Negra pode ser tida como a loucura de Lewis -não entenda loucura no sentido ruim da palavra-. De maneira literária, ele consegue passar para gente todos os pensamentos que o acometiam. Novas dimensões. Outros mundos. Meios de vida completamente diferentes do que estamos habituados. Uma verdadeira viagem. 😀

Em A Torre Negra existe um contexto sobre o que é o tempo, o espaço e nossa memória. Será que nossa ideia de tempo e espaço são condizentes com a ideia de um mundo em uma outra dimensão, onde os costumes e até mesmo os seres que habitam são diferentes?

É uma narração fácil -fácil de ler, talvez não de entender-, com ideias interessantíssimas, em que alguns acadêmicos se reúnem na Universidade de Cambridge para analisar uma outra dimensão por meio de um cronoscópio até que…. bom… quem já leu Crônicas de Nárnia, deve imaginar o que Lewis prepara para nós 😀

whatsapp-image-2016-11-18-at-14-39-11-3

O interessante é entender o que passava pela cabeça de Lewis, entender em qual abstração ele era possível chegar, sem deixar de lado a fantasia. Em algumas ocasiões eu me pegava brisando no contexto e ao mesmo tempo imaginando os personagens e o cenário.

O nome do livro é A Torre Negra e Outras História, pois, além de A Torre Negra, tem outros manuscritos também, todos que fazem você pensar sobre questões filosóficas, porém são bem menores.

Mas é justamente, A Torre Negra a história mais impactante. Tem em torno de 100 páginas. Dá para ler rápido, mas é bom brisar bastante na leitura. Isso mesmo, brisar, filosofar! Discutir com você mesmo sobre suas ideologias de vida.

Anúncios

Um comentário em “Resenha: A Torre Negra – C.S. Lewis

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s