Are you Afraid of the Dark? #Resultado3

Saaaaaaaaiu o resultado do concurso de Halloween 2016!

 Os prêmios:
1º  lugar = Livro
2º lugar = Marcadores
3º lugar = Marcadores
4º lugar = Marcadores

E como eu já tinha informado, os melhores contos aparecerão aqui no blog hehehe’
Vou começar com o terceiro lugar…

tumblr_ncbrjmcw5p1qj4315o1_500

“Há muito tempo atrás, em uma cidade do interior do Rio Grande do Sul viviam um jovem casal de recém casados. As coisas entre eles iam bem, até que a noticia que a mulher seria estéril fez as coisas mudarem. O homem viu o seu sonho de ter herdeiros por água a baixo, e com isso passou a trair sua esposa. E a mulher devastada com a noticia de não poder ser mãe, e com as traições do marido, aos poucos foi enlouquecendo. Como se não bastasse o sofrimento da esposa por esses acontecimento, o marido começou a maltrata-lá, verbalmente e fisicamente, sem paciência ele a agredia e a deixava trancada no quarto… Anos passaram até que ele acabou engravidando uma de suas amantes, e viu nisso a sua chance de ser feliz e finalmente ter uma família, mas o que fazer com a esposa? Ela já estava completamente louca, mas não tinha coragem o suficiente para mata-la, foi então que junto com a sua amante os dois levaram a mulher até o porão da mansão, e lá prenderam a esposa com correntes e com a boca tampada, mas tinham esperança que alguém a encontrasse em dois dias, tempo suficiente para eles fugirem para outra cidade… Mas não foi assim que aconteceu, a mulher foi encontrada morta alguns dias depois. E mesmo com o passar dos anos, com a casa sido reformada e habitada por outras pessoas, ainda existe relatos que durante a noite escutamos choros e barulhos de correntes pela casa, empregados não ficam muito tempo trabalhando naquela casa, dizem sentir calafrio, principalmente quando andam pelo antigo ”porão” e quarto principal, onde ela foi maltratada muitas vezes! 

Isso é o que dizem sobre uma casa grande daqui da minha cidade, existem muitas versões diferentes, mas todos relatam que a moça foi presa acorrentada e que o espirito dela ainda sofre lá dentro.. Se é verdade eu não sei, mas não tenho coragem de entrar lá, e quando passo na frente da casa sinto um arrepio que me impede de ficar olhando por muito tempo para aquela casa.”

História enviada pela Thais Charopem

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s