Resenha: Magnus Chase – O Martelo de Thor

Prontos para mais uma aventura?

img_1426

Escritor: Tio Rick
Editora: Intríseca
Págs: 396
Ano: 2016

Sinopse: Magnus Chase está de volta! Sua missão agora é ajudar o poderoso deus Thor a recuperar seu martelo e impedir uma invasão de gigantes. Em A espada do verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina. Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin — tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking. Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano.

Um casamento!
Essa é a missão principal desse livro, Magnus, Sam, Alex (personagem nova (o)), Blitz e Hearth tem exatos cinco dias para impedir um casamento, recuperar o martelo de Thor e impedir os planos de Loki!

“Minha prima achava que todos os mitos antigos eram reais. Eles se alimentavam da memoria e das crenças humanas – dezenas de panteões velhos ainda lutando uns contra os outros como faziam antigamente. Enquanto suas histórias sobrevivessem, os deuses sobreviveriam. E histórias eram quase impossíveis de matar.” – Pág. 43

Eu não sei o por que, mas esse segundo livro do Magnus Chase não foi como o primeiro.
Apesar de ter bastante ação, em nenhum momento o livro me deixou com o coração na mão, ou algo do tipo, eu sabia que tudo ia acabar bem desde o começo e sei lá, isso meio que tirou o brilho da história… maaas,

img_1424

o final desse livro, foi eletrizante!
Tanto luta final, quanto uma certa conversa que o Magnus tem com a Annabeth, na minha opinião essa conversa foi a melhooor parte!

img_1425

Para quem está curioso sobre o conteúdo da conversa da Annabeth e do Magnus, ai vai…

SPOILER
>
>
img_1432

“.. Está na hora de você conhecer Percy.” 

E foi assim que esse livro lindo terminou, com a promessa de unir nórdicos, gregos e romanos sob a mesma história em um próximo livro e eu estou louca para ver isso!

E levando em consideração que no final do primeiro livro da série “As Provações de Apolo” terminou com os heróis do Olimpo aparecendo novamente, até o Sr. Leo Valdez hehehe’
Então, posso suprir esperanças de ver todos eles juntos, mais a galera de Magnus Chase em uma mesma história *-*

#lógicoqueIndico

Anúncios

3 comentários em “Resenha: Magnus Chase – O Martelo de Thor

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s