Setembrices e outros resquícios de revolução

WhatsApp-Image-20160611 (2)

Olá pessoal,

È sempre bom falar de Poemas, e hoje eu trago para vocês o Livro Setembrices e outros resquícios de revolução da escritora Analice Chaves.

O livro mostra Poemas feitos pela autora e recitados de modo tão apaixonante. Uma leitura leve e agradável que nos leva a lembrar de momentos nostálgicos e agradáveis.

WhatsApp-Image-20160611 (3)

” ~Coisas que a menina feia precisa saber

Avisa a menina feia que chega um dia em que as coisas se confundem, as cores se misturam. Pintura borrada

Avisa a menina feia que não é só ela, que o mundo não é só dela

Flor não nasce só no jardim dela

Avisa a menina feia que quanto mais alto se voa, mais machuca quando cai, e pelo que vejo aqui ela anda a alguns metros do chão.

Avisa a ela que um dia amanhece julho, diz pra ela dançar na chuva enquanto chove

Avisa a menina que quando for São João todo mundo vai brincar perto da fogueira e provar das iguarias daqui; avisa a ela quem nem vai demorar tanto

Avisa a ela que existem sonhos complicados de se realizar mesmo

(mas avisa a ela que o sonho dela de ser borboleta não está na lista)

Avisa a ela que está chovendo na cidade

Avisa a ela que talvez machuque, Talvez doa, talvez corte ou talvez não

Avisa a ela que machucado de joelho dói, dói, dói mas cura

Avisa a ela que tem mais sorte ela por tomar banho de rio, do que quem acha isso tanto quanto estranho

Avisa a menina que só quem é pequenininha feito ela consegue subir em árvore de natal

Avisa que corre o risco dela cair, torcer o pé, se arrepender

Mas, antes de tudo, avisa a ela que talvez valha a pena “

Produzido pela Editora A união e contendo 76 paginas de leitura rápida e fácil, o livro também tem detalhes sobre quem influenciou a autora no mundo da escrita.

 

” Muito antes de a gente nascer

Muito antes de amanhecer

Antes do sétimo dia começar

O mundo era silêncio

Segundo a menina, o mundo era mundo

E ela era vento

E eu? Eu era poesia

Horas antes do sol raiar

Horas antes da gente acordar

a cidade era silêncio

(cidade de interior vez em quando é silêncio)

A cidade era mundo

Fazia sentido

E a menina era verso, e eu era sonho

Mas muito antes de existir tempo

E antes de existir ideias, antes de existir planos

Existia luz e existia poesia, e amor

E silencio. O mundo era raro.

O mundo era novo.”

Para quem gosta do gênero ou ficou curioso sobre o livro eu recomendo a leitura, para mais contato com Analice Chaves sigam ela no Instagram; @analicemchaves.

WhatsApp-Image-20160611

” Se eu soubesse compor

Esse seria um samba triste

Pra que os corações infelizes

também brincassem, afinal

teria o amor batucando no peito

a dor da saudade como enredo

girando saia, pavilhão e bailarina

Pierrot ficou sem Colombina

Mas ganhou a avenida

E aquele carnaval “

Anúncios

Um comentário em “Setembrices e outros resquícios de revolução

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s