Jogador N° 1

jogador numero 1

461 págs
Ernest Cline
Editora Leya, 2012

Coloquem seus óculos de imersão e vamos nos aventurar no OASIS! \o/

O livro é extremamente bem escrito, diversas referências são tomadas: Star Wars, Senhor dos Anéis, Dungeons of Daggorath, jogos de Atari, RPG, HQ’s, bandas, The Police, The Clash. De maneira que, apesar de ser apenas um livro, tem uma história densa, rica em detalhes.

“Cline é capaz de incorporar seus brinquedos e jogos favoritos em uma narrativa perfeita”

The New York Times

E realmente ele faz isso nesse livro. Jogador N° 1 é uma aventura fantástica, narrada em primeira pessoa por um garoto de 18 anos que não tem muitas habilidades com relacionamentos sociais da vida real, mas quando entra na plataforma virtual se transforma em outra pessoa. Essa narrativa te faz entrar dentro da história e no mundo virtual do OASIS, de maneira que se pode até esquecer o que é vida real ou o que é virtual. No livro, talvez, o virtual pudesse ser mais real do que o próprio real.

O ano é 2041 quando o maior ícone dos games morre, provocando um alvoroço em todo o planeta. O maior ícone dos games, James Donovan Halliday era um programador que passou a maior parte de seu tempo de vida dentro de uma sala programando jogos, era obsessivamente fã deles, assim como de jogos antigos, histórias geeks. Ele não tinha só inventado um vídeo-game, uma plataforma virtual, tinha reinventado o mundo. O OASIS, a realidade virtual, era acessada pela “maioria das pessoas todos os dias”. Dentro dele, havia um jogo em realidade virtual que os gamers jogavam com seus avatares que iam evoluindo de nível ao longo do tempo, isso se pudesse viajar a algum dos planetas dentro desse universo virtual, em que a caça era permitida, pois para isso era necessário créditos para teletransporte ou fazer alguma viagem, que em muitos casos eram comprados com dinheiro verdadeiro.

IMG-20160518-WA0058

No entanto, muito mais que isso era permitido. Halliday tinha projetado uma sociedade virtual, onde as pessoas podiam fazer tudo o que quiser, ir ao cinema, se encontrar com amigos, jogar um vídeo-game :~, até mesmo havia colocado todos os livros escritos até o momento, projetado salas de estudos, de maneira que até as escolas pudessem ser virtuais. Sendo assim, todas as crianças que tinham um potencial para os estudos ganhavam o aparelho para que pudessem se logar no OASIS para ter aulas ali mesmo. O professor e os alunos entravam na sala, os avatares eram projetados, então as aulas são dadas.

Então, quando Halliday morre, as informações são noticiadas incansavelmente, mas não apenas, pois era um ícone. Halliday, após morrer, dá início ao maior campeonato virtual já existido na Terra, visto que faz um vídeo-testamento, dizendo que deixou três chaves para serem achadas dentro de seu universo criado para abrirem três portões. O primeiro que conseguisse fazer isso iria  achar um ovo, o Easter Egg, obtendo toda a fortuna de Halliday acumulada de 240 BILHÕES de reais.

Três chaves escondidas abrem três portões guardados

E três boas qualidades deverão ser inerentes ao errante avaliado

Queem demonstrar ter os exigidos predicados

Chegará ao fim, onde o prêmio será alcançado”

Então a história realmente começa, e descobrimos que o narrador, Wade Watts, é o primeiro a achar a primeira chave, a chave de cobre, após cinco anos, balançando mais uma vez o mundo. Dentro desse tempo, diversos clãs foram criados, os caça-ovos, jogadores que procuravam o Ester Egg, passavam horas estudando sobre a vida de Halliday, jogando todos os jogos que ele gostava, principalmente os da década de 1980, decorando filmes, sagas e séries completas e todos seus gostos.

IMG-20160518-WA0055

O problema é que, enquanto os caça-ovos passavam o tempo estudando sobre a vida de Halliday sozinhos ou em clãs, existia uma empresa com incontável verba, trapaceando no jogo para conseguir a fortuna. Os chamados Seis estavam dispostos a tudo para consegui-la, comprar informações, contratar pessoas exclusivamente para pesquisar a vida de Halliday, matar -talvez?-,na verdade, eles querem exterminar qualquer um que pudesse ser uma ameaça na procura do ovo, sem se importar o mínimo para o jogo, senão ao dinheiro que iriam conseguir.

Ao longo da caça ao ovo, algumas alianças são feitas, e é incrível ver a capacidade em que o Ernest Cline consegue fazer o desenvolvimento do laço entre os personagens, amizades, romances sz. Ele realmente consegue fazer o leitor entender o porquê de tal ocasião ter chegado em determinado ponto, consegue fazer a gente viver e sentir o momento da história, de uma maneira leve.

Portanto, quem gostar do universo geek, ou simplismente gostar de uma ótima história, com uma ótima narração, irá gostar muito de Jogador N° 1, então eu nem preciso dizer né!? 😀

Eu indico muito \o

Anúncios

3 comentários em “Jogador N° 1

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s