Resenha: O Mundo Mágico de Rachel

O título deveria ser
“A vida perfeita de Rachel ou “Tudo dá certo no mundo mágico de Rachel”

    12596499_10153980252956349_1283451489_n


Escritora: Alícia Guimarães
Lançado em 2015

Editora: Giostri
Págs: 167

Sinopse:Uma brasileira, um americano, a Disney e uma linda história de amor. Rachel é professora de inglês e ganha uma viagem a Orlando num sorteio da escola de idiomas onde trabalha. O que ela não imaginava é que o destino preparava uma surpresa maior do que conhecer a Disney. Rachel vai descobrir que para toda princesa que sonha alto, existe um príncipe encantado e que mesmo os maiores sonhos podem se tornar realidade, basta acreditar.

12607320_10153980252836349_68542805_n

Primeiramente, eu vou falar sobre o desing do livro, que é LINDO!
A capa está muito bem trabalhada…

Agora, sem mais delongas vamos para a história.
Rachel é uma garota que tem sorte na vida. Com 18 anos ela já é professora de inglês (expert ninja pelo visto), até que ganha uma viagem para a Disney em um sorteio. Nessa viagem, ela conhece o homem da sua vida e, em menos de um mês, isso ae, UM MÊS, ambos já se amam e estão apaixonadíssimos!

12584084_10153980252796349_1364187945_n

Essa é a história.
Não tem drama, não tem ação, eu chamaria de “conto de fadas”, mas não tem nem uma bruxa má, nenhum vilão, nenhuma moral da história, nada.
A narrativa é simples e a escritora não liga muito em “pular” o tempo, você vira a página e quando vai ver.. pronto, já se passou um mês? Dois anos?

12575966_10153980252766349_1806347009_n

A protagonista é fraca, chorona,  é muito muuito ingênua e ama os EUA.
Às vezes, penso “Ou ela é muito Jon Snow e não sabe de nada, ou tem o famoso sonho americano e enxerga os Estados Unidos como o paraíso” pelo o que eu li aqui, fico com a segunda opção.

Pág. 42
“Comprou um sorvete ali perto, era louca para experimentar o sorvete americano. Sem dúvidas, o melhor que já tomara.”

Conheço uma pessoa que ao ler essa frase diria: “Mas o Brasil também fica na América. Então os sorvetes daqui também são americanos, certo?” kkkkk
Enfim, há trechos no livro que simplesmente não fazem muito sentido..

Pág. 29 – Após ter ganhado um sorteio
“..- Obrigada Becca. Você sempre acreditou em mim!”

Acreditou no que? Que você ia ganhar um sorteio para Disney? Sério?

“A filha era seu maior orgulho..”

OI? OLÁ? Você fica orgulhoso quando alguém da sua família ganha um sorteio? NÃO! Você fica feliz, apenas.
Sorteios tem a ver com SORTE!
Orgulho tem a ver com esforço e reconhecimento!!!

Há erros na fonte, que muda mais de uma vez…

12606828_10153980252931349_826695575_n

E tem um erro que ocorreu por falta de pesquisa da autora.
Abaixo temos um trecho do livro, em que é comemorado o aniversário de um dos personagens. Todos os presentes são estadunidenses, menoooos a protagonista. Observe como eles cantam parabéns…

12571090_10153980252946349_178445969_n

O correto seria:
“Happy birthday to you, happy birthday to you, happy birthday dear _(nome da pessoa)__, happy birthday to you.”
Traduzindo: “Parabéns pra você, parabéns pra você, parabéns querida(o) __(nome da pessoa)__, parabéns para você.”

Enfim, com todo o respeito a escritora (sei que você deve ter passado horas e horas escrevendo esse livro..) devo dizer que #eunãoindico.

O lema do blog é “Para quem ama boas histórias”.
E O Mundo Mágico de Rachel não é uma boa história.

Anúncios

4 comentários em “Resenha: O Mundo Mágico de Rachel

  1. Finalmente encontrei alguém parecido comigo e quem não tem medo de dizer as verdades sobre os livros que lê. Principalmente se for parceria, o livro pode ser sem pé e sem cabeça que a pessoa vai dizer que é maravilhoso. E sobre esse livro, obrigada pela sinceridade, não pretendo ler rs

    Curtido por 1 pessoa

  2. É justo não indicar, claro que pode ser que haja o público para o livro, mas realmente não parece uma boa história, não sei quem é a autora, mas parece ser alguém jovem e inexperiente, que precisa de um pouco mais de prática. Acredito que toda história é válida, mas existem boas histórias e aquelas não tão boas assim, acredito que a autora deva cada vez investir na escrita para evoluir e ler ainda mais para buscar inspiração, crescer e aumentar sua capacidade criativa. Como eu disse, ela deve ter o publico que se identifique, mas ela precisa ver que a história não é perfeita como a vida da personagem e ver o que dá para evoluir

    Curtido por 1 pessoa

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s