Beasts of no Nation #filme

Um filme visto mais de 3 milhões de vezes no Netflix

E se você não está entre esses 3 milhões que já assistiram o filme.. acho que está na hora de você parar um pouco, entrar no Netflix e assistir Beasts of no Nation!

 beasts-of-no-nation-soundtrack

 Eu descobri esse filme por causa da polêmica que ele causou na estreia (além do e-mail que o Netflix me enviou kkk) logo fiquei curiosa, pois as críticas diziam que esse filme seria um concorrente ao Oscar.
Nem olhei a sinopse e fui assistir.

beastsofnonation-1920x758

Aqui acompanhamos Agu, uma criança feliz e criativa, no começo do filme nós conhecemos cada um dos membros da família dele, pai, irmão, mãe, avô, irmã mais nova, irmão mais novo, todos eles vivendo razoavelmente bem.
Até que a guerra interrompe a vida deles.

maxresdefault (1)

A família é separada, mulheres e crianças vão, homens ficam, era pro Agu ter ido também… mas, não deu, ele ficou para trás.

De garoto feliz, a sobrevivente assustado.
De sobrevivente assustado, a recruta.
De recruta, a soldado.

Lutando por que? Nem ele mesmo sabe.

6568

E nós, espectadores vemos todas essas mudanças e o resultado final delas também.

Eu queria destacar a atuação dos personagens, principalmente a do ator Abraham Attah, nosso protagonista Agu, que fez um papel forte e difícil para uma criança… e se saiu muito bem!

Attah-Abraham-e1442101740797

Lógico que #euindico esse filme!

Agora, resolvi falar um pouco sobre a polêmica que cerca Beasts of no Nation…

Como vocês já devem saber, essa é uma produção do Netflix, que lançou o filme em sua plataforma com o intuito de deixar o filme disponível para todos os 69 milhões de inscritos, ou seja, pra muuuita gente.
E o pessoal do cinema não gostou muito disso, afinal de contas, por que uma pessoa iria até o cinema para assistir Beasts of no Nation, sendo que ela pode ver de graça, em casa, no Netflix?

Foi ai que o Netflix levou um boicote de algumas das maiores redes do mercado dos EUA (o filme está em exibição em apenas 31 salas no EUA e Reino Unido, isso graças a uma parceria com a Landmark Cinemas) e foi pra mídia, um monte de blogs e sites de filmes começaram a falar sobre isso. Ao meu ver isso ajudou na divulgação do filme kkk’ Enfim, mesmo com esse boicote, o filme se mostrou um sucesso.

“Nós estamos simplesmente emocionados com o total de audiência alcançado por este filme, não apenas na América do Norte, mas no mundo. Na semana de lançamento, Beasts of No Nation foi o filme mais visto no Netflix, em cada país em que nós operamos” –  Ted Sarandos, chefe de conteúdo do serviço, em uma entrevista ao site Deadline.

Status: Aguardando notícias do Oscar hahaha’

Anúncios

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s