Resenha: Billy e Eu

11356135_10153491129421349_1101096608_n

Quando eu entrei em contato com a editora Phorte (que fez um ótimo trabalho essa capa é LINDA!) eu estava esperando um romance estilo Boston Boys ou o Diário de Bridget Jones. Mas, não foi nada disso que eu encontrei.

Sinopse: Quando você tem o namorado dos sonhos, tudo deve estar perfeito, certo? Então, por que não está? – questiona Sophie May.
Quando Sophie e Billy se conheceram e se apaixonaram, ela pensou que estava vivendo em um conto de fadas. Afinal, Billy é um ator, um galã adorado por adolescentes em todo o mundo – e ele ama Sophie. Ela é a única garota para ele.
Mas estar nos braços de Billy tem um preço. Esse relacionamento tem deixado Sophie no centro dos holofotes, após anos mantendo-se afastada de atenção.
Será que ela poderá lidar com todo o assédio resultante de estar com Billy? Mas, acima de tudo, estaria ela preparada para que sua mágoa seja descoberta por toda a nação?

11419877_10153491129451349_1007144625_n Primeiras impressões: Romance típico, repleto de mimimi, o cara lindo e famoso, a menina comum e sem graça (acrescento irritante como opinião pessoal), a narração não é nada interessante ou intrigante, enfim, estou largando esse livro.

11418337_10153491129456349_1188926692_n

Por quê?

Muito bem, nossa protagonista tem quase 30 anos é uma mulher que se comporta como uma adolescente chorona, e talvez seja por isso que o livro é categorizado por alguns como “romance adolescente”.
Coisas sem sentido, típicas de clichês, acontecem a todo momento.

11425326_10153491129346349_1148186360_n
Exemplo: Billy conhece a Sophie.
Eles conversam um pouco, ela passa mal do nada, ele a ajuda, ela melhora na mesma hora, passa um tempinho ele vai embora. Até aí, ok.
No outro dia o Billy já aparece com FLORES para a Sophie.

11121246_10153491129356349_29047436_n

Em primeiro lugar Sophie é uma garota que é fechada para o mundo, não é muito sociável, não faz amizades facilmente, ela gosta de ser mais isolada, isso fica claro logo no começo do livro, e ao receber as flores ela age naturalmente tipo “Eba, ganhei flores de um cara que eu conheci ontem uhuu” ai você pensa “WTF? Ela mudou de personalidade tão rápido assim?”. Mas ok, ok pode acontecer…
Agora em segundo lugar, que astro de cinema faria isso? Não, não, melhor, quem faria isso? Ele deu uma de Ted Mosby!

Ted-Mosby-ted-mosby-18599227-1440-810
Da série How I Met Your Mother

E em pleno século 21, se você da uma de Ted Mosby você só ira afastar a outra pessoa. Afinal de contas, por que raios um estranho te traria um monte de flores? #desesperototal

Enfim, esse livro não é o tipo de romance que eu gosto. Não é meu estilo.
11419795_10153491129431349_263565402_n

#nãoindico

Obs.: Você sabia que esse livro foi escrito pela esposa do vocalista da banda McFly?

Anúncios

Um comentário em “Resenha: Billy e Eu

Olá, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s