Resenha: Rio de tinta

0 Flares 0 Flares ×

 

Sinopse A roseira que cresce na beirada do rio e o barulho de um corpo batendo contra a água, muitos metros abaixo da ponte, assombram seus pensamentos durante a noite. Entre flashbacks, psicólogos, desenhos deixados para trás e uma morte ocorrida em circunstâncias misteriosas, Ally Clouds começa a descobrir quem ela realmente é e qual das pessoas ao seu redor está mentindo. A Nova Zelândia é encantadora, cheia de magia e de pessoas de bom coração; ninguém jamais suspeitaria de nada acontecendo por ali. Ninguém a não ser Michael Orhan. Ele sabe que há algo errado com a vida de Ally, e, mesmo contra a vontade dela, aproxima-se novamente depois de ela passar oito meses estudando em casa, devido a acontecimentos desafortunados. A mística casinha depois da ponte que passa logo acima do rio torna-se o único refúgio dos dois. Sem perceber, acabam sendo arrastados para dentro de algo ainda mais profundo do que o esperado. Ela não sabia que a proximidade de Michael traria graves revelações a ponto de ter de repensar sua vida. Do pior jeito possível, ela aprende que as pessoas nem sempre são o que parecem, e que as suas feridas jamais cicatrizariam completamente.

Romance | 288 páginas | Cortesia Editora Novo Século Autora: Ana Carolina Lattaruli  | Publicado em 2017 | Compre & Compare Fnac Livraria da Folha|  Classificação 3.5/5 

Olá leitores,

Ally Clouds é uma garota peculiar. Tem 17 anos, é loucamente apaixonada por tintas e o que se pode fazer com elas e não possui amigos.

O livro começa narrador Ally em sua última consulta no psicólogo devido a um evento estranho/trágico ter ocorrido com ela uns meses atrás na escola e também pelo fato de sua mãe ter morrido na mesma época. Após esses incidentes Ally sai da escola por motivos de aguentar todos os julgamentos e olhares que as pessoas faziam sobre ela.

No entanto, mesmo estando morrendo de medo, Ally volta para escola após meses afastada. Seu vizinho, Michael Orhan, a encontra saindo de casa e oferece uma carona até a escola. Ally, mesmo desconfiada, aceita. E é aí que começa uma bonita e estranha amizade entre os dois. Aos poucos percebemos que estão apaixonados um pelo outro e começamos a torcer muito por esse casal que não tem nada de clichê. Além disso, alguns fatos vão acontecendo e mostrando que eles possuem algo em comum e que algum mistério os rodeia.

O livro é narrado em primeira pessoa e possui 2 narradores: Ally Clouds e Michael Orhan. Essa estrutura é muito boa, pois podemos saber o que se passa na mente de cada um dos personagens principais.

O mistério que envolve os dois é algo bem intrigante e não da vontade de parar de ler.

Para que  gosta de livros de fantasia e um bom romance esse livro é ótimo. Ao ler a biografia da autora e saber que ela começou a escrever esse livro com apenas 15 anos me fez perceber o quão talentosa ela é.

Beijos

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Thalita Dantas

Estudo engenharia na UFABC. Adoro histórias realistas que discutem sobre a sociedade, mostrando seus defeitos e qualidades; Gosto de viajar e sair com meus amigos; Amo minha gata de estimação ^^ Meu sonho é conhecer outras culturas, países e povos.

Latest posts by Thalita Dantas (see all)