Resenha: Os Seis Finalistas

0 Flares 0 Flares ×

Sci-fi / 328 Paginas / Cortesia Editora Jangada/ Autor Alexandra Monir / Publicado em 2018 /  Classificação 5/5 / Compre aqui

Depois de ler bastante livros e resenhá-los, a gente começa a criar uma sistemática de perceber se o livro será bom ou não com apenas algumas páginas. É claro que muitos melhoram ou pioram ao longo da história, mas a verdade é que cada linha de um escritor deixa um traço dele. A cada parágrafo já é possível perceber se será uma escrita inteligente e inovadora.

E o que eu tenho para falar de Os Seis Finalistas é que, depois das 10 primeiras páginas, eu já estava super empolgado com a trama. Aliás, eu já estava empolgado mesmo antes de iniciar a leitura, com essa edição linda da editora Jangada. Olhem essa capa!!!

Mas, vamos para a resenha….

O mundo já não é mais o mesmo. Todas aquelas previsões de que se não melhorássemos ecologicamente, o planeta  acabaria sofrendo com o aquecimento global, acabou se tornando realidade.

Tsunamis, terremotos, abalam todos e todos os dias famílias são terminadas devido a esses eventos.

“É por isso que os orçamentos foram cortados em toda parte. – todo o dinheiro está direcionado a nos tirar da Terra, em vez de proteger as pessoas nela.”

Nesse ambiente distópico, conhecemos Leo e Naomi, nossos dois narradores do livro, e dois dos 24 jovens mais incríveis do mundo que foram selecionados para participar de um programa liderado pela NASA para popular Europa, uma das luas de Júpiter.

“Você está prestes a se tornar um dos vinte e quatro adolescentes mais famosos da Terra.”

A diferença entre os dois? Leo perdeu toda sua família, e a única coisa que sobrou pra ele foi ser aprovado para ir à Europa e fazer parte da missão que salvaria a humanidade. Já Naomi ainda tinha sua família inteira e temia a possibilidade de ficar entre os Seis Finalistas que iriam para Europa, podendo nunca mais ver sua família novamente.

“Aquele momento em que somos os primeiríssimos a colocar o pé em uma parte inteiramente nova do universo… É como se fôssemos Marco Polo, só que numa escala infinitamente maior.”

Mas a história não é o relato de apenas esses dois jovens e suas diferenças familiares.

É uma história complexa com intrigas de estado, cientistas e ainda entre os próprios jovens que brigam para ser um dos seis finalistas.
É Um sci-fi jovem, mas grande em complexidade.

“Na verdade, às vezes eu acho que é exatamente isso que a ciência é: a magia que procuramos em historias, sem nos darmos conta de que ela existe em todas as invenções e criações que nos rodeiam.”

As intrigas aumentam ainda mais, quando Naomi descobre que na verdade essa missão da NASA tão bonita socialmente, na verdade pode ter um monte de ciladas não reveladas. Europa poderia ter nativos extraterrestres que não iriam receber os jovens tão bem.
(Eu poderia falar mais umas mil intrigas que lhe deixam doido no livro, mas prefiro que vocês enlouqueçam ao Os Seis Finalistas 😀 Entendeu? Eu não quero dar spoilers 🙂

E, nesse clima de suspense, a trama cresce com um monte reviravoltas. O que você está esperando que vai acontecer, na verdade pode mudar tudo em apenas poucas palavras.

“Espere.
Não, isso não pode estar certo
Esse é o meu nome”

O livro é uma união de ficção científica, suspense e ainda com romancinho 😁

Leve, complexo, e às vezes até pesado. (A antítese foi proposital, pois a história é bem pesada, mas a narração consegue ser leve).

Eu indico muitíssimo a leitura, Os Seis Finalistas é daqueles livros que você pega e não quer largar mais!!

“O treinamento que fizemos até agora é bastante incrível. É como se estivéssemos na Hogwarts do espaço, mas em vez de nos ensinar magia, eles estão nos preparando para sermos expulsos do planeta.”

E, aah! Quase ia me esquecendo, ele tem continuação!!! E algo me diz que o livro dois vai ser ainda melhor!

 

SINOPSE

“Mudanças climáticas tornam nosso planeta inabitável, as grandes cidades do mundo estão debaixo d’água. Num último esforço para encontrar um novo lar para a humanidade, a Missão Especial mais audaciosa da história é lançada: a colonização de Europa, uma das luas de Júpiter. Agora, no Centro de Treinamento Espacial Internacional (CTEI), 24 adolescentes brilhantes foram recrutados e se preparam para disputar seis vagas na equipe que deixará para sempre a Terra carregando o futuro da raça humana. Leo, um nadador italiano profissional, não vê a hora de encarar esse desafio, depois de perder a família inteira numa inundação. Já Naomi, uma americana de ascendência iraniana – e gênio da ciência -, tem muitas suspeitas com relação ao CTEI, após uma missão semelhante falhar em circunstâncias misteriosas. Na medida em que o treinamento testa os limites de cada um e a tensão aumenta entre os astronautas, a amizade dos dois se torna essencial para enfrentarem o que está em jogo: a humanidade, a Terra e suas vidas.”

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Renan

Adora histórias de fantasia no melhor estilo medieval, sci-fi, e também as que fazem pensar sobre a sociedade, culturas, mitologias. Estudante de Engenharia de Materiais na Universidade Federal do ABC.

Latest posts by Renan (see all)