Resenha: Os Filhos do Dragão – George R. R. Martin

0 Flares 0 Flares ×

– Como eu estava com saudade desse mundo  ❤ –

Em The Sons of the Dragon/ Os Filhos do Dragão, acompanhamos a história dos dois filhos de Aegon, o Conquistador, e suas participações na história desse mundo chamado Westeros.


Iniciamos a história logo após a conquista, Aegon se casou com suas duas irmãs Visenya e Rhaenys (lembrando que na família Targaryen isso era comum, para manter o sangue de Dragão); e teve dois filhos, um de cada casamento.

O primeiro a nascer foi Aenys, filho de Rhaenys e considerado o mais fraco em comparação a seu irmão mais novo, Maegor (mais tarde conhecido como Maegor, o Cruel).

Rhaenys morreu alguns anos após o nascimento da criança, e Visenya só foi ter seu primeiro e único filho muito tempo depois de Aenys ter nascido, com isso temos uma boa diferença de idade entre os dois.

Algumas páginas se passaram e o Rei Aegon acaba falecendo.
E é ai que a treta começa.

“A coragem do jovem rei seria posta à prova muito antes do que se poderia imaginar. As Guerras da Conquista haviam deixado sua marca. Por todo o reino, filhos cresciam sonhando em vingar a morte dos pais, ocorrida tanto tempo atrás.”

Como eu disse ali encima Aenys era considerado fraco, e quando um rei é considerado fraco pelo seu povo, algumas pessoas se vêem no direito de tomar algum poder para si e se rebelar, se vingar.. E isso aconteceu em diversos pontos dos Sete Reinos. Aenys, que se considerava querido por seu povo, não soube como reagir, e como ele demorou um certo tempo para tomar uma decisão acabou que seu irmão, Maegor, montando em Balerion (vejam só, o cara chegou em grande estilo),  e outros grandes Lords dos Sete Reinos agiram por conta própria e acabaram com esses traidores.

“Nenhum fogo comum era capaz de danificar aço valiriano.”

Até ai, tudo bem… acabou a primeira treta, vida que segue..
Porém tanto Aenys, quanto Maegor, já tinham se casado.
E enquanto o Rei Aenys tinha diversos filhos, Maegor não tinha nenhum.. E isso foi um dos motivos do estopim para a briga entre os dois irmãos.

Maegor (que já estava meio desesperado pra ter um herdeiro), sem autorização nenhuma casou novamente, tendo assim uma segunda esposa, e a igreja por sua vez não aceitou isso. E ai começou outra briga, na qual o Rei Aenys acabou exilando o seu próprio irmão! E eu vou parar de falar pra não soltar spoiler 😂

Em resumo posso dizer que é uma história fascinante para os fãs das Crônicas de Gelo e Fogo, tem muita ação, mortes, alguns esclarecimentos e a escrita magnífica do Georger R. R. Martin. Ah, é um mundo tão grande esse, e há tanto a ser explorado..

_______________________________

Obs.:  O conto – Os Filhos do Dragão – está presente no livro Crônicas de espada e feitiçaria lançado recentemente pela editora Leya, clique aqui para ver mais

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Bianca Nunes

Chocolatra, socia media, fundadora do Mais um Leitor, meio geek, ama lobos, dragões, viagens e boas histórias

Latest posts by Bianca Nunes (see all)