Resenha: O mais desejado dos Highlanders

0 Flares 0 Flares ×

Sinopse: Genevieve McInnis está presa no castelo McHugh, no cativeiro de um líder cruel que tem grande prazer em mantê-la distante de qualquer outro homem. Mas, quando Bowen Montgomery invade os portões em uma missão de guerra, Genevieve redescobre a vontade de viver. A sensualidade robusta de Bowen atiça nela uma sensação profunda que anseia por ser prolongada mediante carícias pacientes e gentis. Algo quente, louco e tentador. Bowen toma conta do castelo de seu inimigo, despreparado para a misteriosa e reclusa mulher que captura seu coração. Ele está encantado com sua determinação feroz, sua beleza incomum e sua força silenciosa e infalível. Contudo, para cortejá-la, será necessário mais do que a habilidade de um sedutor experiente. Ele descobre que amar Genevieve significa devolver a liberdade que lhe foi roubada, mesmo isso que signifique perdê-la para sempre.

Romance | 400 páginas | Cortesia Editora Universo dos Livros | Autora: Maya Banks | Publicado em 2016 | Compre & Compare Fnac Livraria da Folha|  Classificação 3/5 

Olá leitores,

O Mais Desejado dos Highlanders é o segundo volume da trilogia Montgomery e Armstrong. Os livros narram às aventuras das famílias Montgomery e Armstrong (dois clãs inimigos) e cada livro narra a história de amor de um casal diferente.

Bem, o livro começa com os Clãs Montgomery e Armstrong indo resgatar Eveline, a esposa do laird Graeme, líder da união dos clãs. Ao chegar ao castelo McHugh, onde Eveline estava em cativeiro, uma jovem guia os clãs ao encontro da moça. Essa jovem era Genevieve, um linda moça, porém metade de seu rosto estava deformado o que causava grandes sustos em todos que a viam. Bowen, irmão de Graeme, logo sentiu algo estranho por Genevieve. Aos poucos ela ia se mostrando uma moça forte e esperta e não demorou muito para se apaixonarem um pelo outro.

Genevieve fora capturada por Ian McHugh que a abusou durante um ano até ser morto pelos Clãs Montgomery e Armstrong. Aos poucos vamos conhecendo a história de Genevieve e vivendo sua dor.

O que eu mais gostei desse livro foi o fato de sempre enaltecerem as mulheres, mas não de uma forma forçada, mas sim de uma forma natural, como deveria ser. Bowen e seu clã repudiam toda e qualquer agressão contra as mulheres. O livro ocorre em séculos passados na Escócia, então tais atitudes perante as mulheres me deixaram bem felizes ao lê-lo.

O romance entre Bowen e Genevieve é lindo, mas sem grandes acontecimentos. Até as partes em que algo poderia dar errado não dava haha’

Ou seja, tudo dava certo para os personagens o que me irritou um pouco. O final foi bonito, mas previsível. A autora escreve muito bem, mas não me deu vontade de continuar lendo os outros livros da trilogia.

Se você busca um romance bonito com um toque de sensualidade esse livro vai ser ótimo, mas se busca por algo com fortes emoções, talvez não goste muito.

Beijoos ;*

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Thalita Dantas

Estudo engenharia na UFABC. Adoro histórias realistas que discutem sobre a sociedade, mostrando seus defeitos e qualidades; Gosto de viajar e sair com meus amigos; Amo minha gata de estimação ^^ Meu sonho é conhecer outras culturas, países e povos.

Latest posts by Thalita Dantas (see all)