Resenha: O Assassino do Rei

0 Flares 0 Flares ×

Que livro foi esse? PÁ
Que livro foi esse que tá um arraso!

Sinopse: Um dos maiores nomes da fantasia mundial, admirada por autores como George R.R. Martin, Robin Hobb dá sequência às aventuras de Fitz com o segundo volume da “Saga do Assassino”. Fitz sobreviveu à sua primeira missão como assassino a serviço do rei, mas foi por pouco. Amargurado e sofrendo, ele pretende abandonar seu juramento ao Rei Sagaz e permanecer nas montanhas distantes. Porém o amor e acontecimentos de uma urgência terrível o atraem de volta à corte em Torre do Cervo para as intrigas mortais da família real. Renovando seus violentos ataques ao litoral, os Salteadores dos Navios Vermelhos deixam um rastro de vilarejos queimados e vítimas ensandecidas. O reino também sofre agressões internas: a traição ameaça o trono do rei doente. Neste momento de grande perigo, o destino do reino talvez resida nas mãos de Fitz – e seu papel na salvação dele pode exigir seu sacrifício supremo.

Ficção,  Aventura & Fantasia, Idade Média / 736 Paginas / Cortesia Editora Leya / Autora: Robin Hobb / Publicado em 2014 / Classificação 5/5 + 5  / Compre & Compare Fnac Livraria da Folha

O segundo livro da saga do Assassino começa exatamente onde o primeiro parou, Flitz todo ferrado lutando para se recuperar nas montanhas. Após um curto período de incerteza, nosso protagonista volta ao grande palco dessa história, a Torre do Cervo, reassume o seu trabalho de assassino/ espião do rei, e é ai que diversos conflitos começam a acontecer.

O maior de todos os problemas é a saúde do rei Sagaz, ele está bem mal, se tornou fraco e manipulável, por conta disso o problema Majestoso se multiplicou, já que ele ganhou passe livre para fazer o que bem entender, até o presente momento não sei como esse filho de uma quenga ainda está vivo, 90% dos problemas do reino são culpa dele, já que o mesmo está tentando claramente roubar o trono de Veracidade.

Que por sua vez está muito ocupado prestando atenção nos Navios Vermelhos que continuam atacando a costa dos Seis Ducados, mas agora (após a construção de alguns navios) o Príncipe Herdeiro finalmente pode confronta-los!

E em meio a tudo isso, temos FlitzCavalaria, bem no meio do furação de problemas.
O Bobo chamou ele de Catalisador… e acho que eu entendo agora o porquê 🙁

Enfim, dai em diante as coisas só pioram, o final é decisivo e repleto de ação, e pelo nome do próximo livro, A Fúria do Assassino, creio Flitz finalmente vai parar de receber ordens e se importar com a opinião dos outros, e vai sair quebrando a porra toda.

“Há coisas que podem ser aprendida com palavras postas em uma página, mas há habilidades que são primeiro aprendidas pelas mãos e pelo coração de um homem, e mais tarde pela sua cabeça.”

A narrativa como sempre está magnífica! Robin tem uma característica que está presente em todos os grandes escritores.. O poder de teletransportar 100% aquele que está lendo o seu livro para outro mundo. A única parte que ela pecou (na minha opinião) foi na narração das batalhas, sei que estamos vendo tudo através do Flitz e tudo mais.. Porém em toda grande batalha ele perdia a noção do que estava fazendo, e por conta disso a descrição das batalhas não eram tão detalhadas.

Lógico que #EuMEGAindico esse livro!
Estou esperando ansiosamente o terceiro e último..

Eee um último comentário, algumas coisas nessa história me lembrou muito As Crônicas de Gelo e Fogo, principalmente a Manha (é o mesmo que um Warg) e os Forjados (se assemelham aos Vagantes), eu particularmente adoro histórias assim então quando eu percebi isso já fiquei tipo “OMG arrasou”!

“Tem certeza, Flitz? Tem certeza? De que serve uma vida vivida como se não fizesse qualquer diferença para a grande vida do mundo? Não consigo imaginar coisa mais triste. Por que uma mãe diria a si mesma “se criar bem esta criança, se amá-la e protegê-la, ela viverá uma vida que trará alegria aos que a rodeiam, e assim terei mudado o mundo”? Por que não haveria o lavrador que planta uma semente de dizer ao vizinho:”Esta semente que planto hoje irá alimentar alguém, e é assim que hoje mudo o mundo”?

Eee acho que é isso pessoal, que venha #AFúriadoAssasssino

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Bianca Nunes

Chocolatra, socia media, fundadora do Mais um Leitor, meio geek, ama lobos, dragões, viagens e boas histórias