Resenha: À Margem Das Sombras – Anjo Da Noite

0 Flares 0 Flares ×

“O Assassino perfeito não tem identidade”

Sinopse: O jogo parece perdido para a cidade de Cenária. O golpe impiedoso de Garoth Ursuul, o Deus-rei, foi bem-sucedido. Agora ele domina a cidade, enquanto os invasores de Khalidor massacram habitantes e destroem casas, lojas e esperanças. O antigo governo da cidade foi subjugado e seu líder, substituído. A magia do Deus-rei é poderosa demais para ser controlada e sua influência se expande até os círculos mais nobres da cidade. As únicas chances de vitória nessa guerra injusta são o honrado Logan Gyre e o derramador Kylar Stern, o Anjo da Noite. Contudo, enquanto o primeiro está enclausurado na mais terrível prisão do reino, o segundo abandonou o caminho da espada e, em nome de Elene, seu grande amor, jurou nunca mais matar. A resistência agora se resume a ladrões, comerciantes pobres e prostitutas. Mas talvez isso mude muito em breve. Ao descobrir que Logan está vivo, Kylar pode abrir mão da paz que encontrou na nova família e arriscar tudo para retornar ao caminho das sombras.

Ficção, Romance, Aventura & Fantasia, Poderes, Idade Média / 416 Paginas / Editora Arqueiro / Autor: Brent Weeks / Publicado em 2017 / Classificação 3/5 / Compre & Compare Fnac Livraria da Folha

Como pode um personagem que vinha caminhando para se tornar algo épico se perder por causa de um conflito interno, esta é a mais simples verdade sobre À margem das sombras.

O final de caminho das sombras foi algo que me deixou empolgado para saber como Kylar e Logan iriam se sair em seus desafios específicos, um estando preso e o outro tendo que decidir entre o amor de sua vida e ser o anjo da noite.

Mas jamais imaginei o que encontraria neste livro, que o amadurecimento do jovem Kylar fosse tão lento e cheio de conflitos de ideais, coisa que você não esperaria de alguém escolhido para ser o anjo da noite, apenas quando vê sua vida virada do avesso por culpa de uma guerra que ele “desistiu” de lutar para ficar com seu grande amor – estaria vomitando arco-iris se não fosse tão entediante – que ele decide finalmente agir e abraçar seu poder e tudo que vem com ele, mas ainda assim com receio de não ser capaz de voltar atrás e acabar se tornando de vez um derramador perfeito, sendo que havia prometido para sua amada Elene que largaria a vida de assassino e que compraria uma casa para viverem juntos e felizes… Bom ainda bem que isto não aconteceu.

Em contra partida temos Logan preso num local em que quem não quer matá-lo, quer comê-lo. Então acompanhamos suas tentativas desesperadas de fuga e de fazer com que os prisioneiros o escutem e ajudem a bolar planos cada vez mais ousados para serem capazes de fugir.

Ao meu ponto de vista, o arco do Logan é o melhor em à margem das sombras, pois sentimos um amadurecimento verdadeiro do personagem. A forma que foi trabalhada a convivência dele com os outros prisioneiros e as dificuldades que vão surgindo a cada dia que ele se vê preso nos ajuda a entender a difícil decisão que ele tem pela frente e nos faz perguntar o que faríamos em seu lugar.

Não podemos negar um fato, o Sr. Weeks sabe como te deixar sem palavras. Não se pode dizer que durante suas histórias não tivemos reviravoltas incrivelmente interessantes, depois de dois livros completamente diferentes um do outro, em questão de narrativa e velocidade de progressão da história, não somos capazes de imaginar o que nos espera no seu terceiro livro. Só espero que a Elene morra… Brincadeira pessoal, super torço para o casal.

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Kinder

Sei lá, acho que to coisado... Me chamo Fernando - Mas podem me chamar de Kinder - sou um jovem adulto tentando encontrar seu lugar no mundo e buscando refugio em outros, principalmente nos mundos de aventura e fantasia, fã de memes e cultura pop, admirador de Doctor Who e em busca de um Delorean.

Latest posts by Kinder (see all)