Merlí – Terceira (e última) temporada

0 Flares 0 Flares ×

Antes de você começar a ler esse post, deixa eu te avisar que Merlí acaba na 3º temporada.
Eu maratonei tudo sem saber que era o final da série, e bateu a maior bad depois.. Enfim, inevitavelmente, esse post tem Spoilers.

A terceira temporada de Merlí se mantém no mesmo ritmo que as duas primeiras, consegue prender o telespectador e fazer ele parar e refletir sobre a vida. A cada aula do Merlí isso acontece.. e é simplesmente ótimo. Maas, nessa temporada os últimos episódios receberam um toque de carpe diem, e para aqueles mais atentos a série isso se torna um aviso, um aviso de que algo ruim vem vindo ae..

E bom, o Merlí morre.

Mas a grande questão aqui não é a morte dele em si, mas como eles trabalharam isso na série.
Era um dia comum, Merlí passou mal, foi para o hospital fez exames e tudo mais, estavam discutindo o próximo passo quando chega uma enfermeira e fala que o Sr. Bergeron teve um ataque cardíaco e não conseguiram reanimar ele. E é isso. Acabou. Não teve nenhum grande finale ou algo do tipo. Ele só.. se foi.

“Somos pó e sombras” não é mesmo?

Enfim, até com a morte do Merlí eles conseguiram fazer a gente filosofar, e não somente sobre a morte em si.. Mas sobre mudar o mundo.

Sabe, quando eu digo mudar o mundo, não estou falando para você sair por ae como Aquiles e tals, mas sim mudar o mundo das pessoas ao seu redor, e deixa um legado.
Acho que essa foi uma das maiores lições da série. Todos os peripatéticos levaram Merlí  e suas lições junto com eles, por toda a vida. E o melhor.. Eles passaram isso adiante, Pol Rubio e Ivan foram os que mais passaram isso adiante.

Foi um bom final. Triste. Mas bom.

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
The following two tabs change content below.

Bianca Nunes

Chocolatra, socia media, fundadora do Mais um Leitor, meio geek, ama lobos, dragões, viagens e boas histórias